II Colóquio do NHIPE

 

II Colóquio do NHIPE

“Os campos da pesquisa em História: novas abordagens, novos problemas”
UNEB/Campus VI, 08 a 12 de julho de 2013


Ficha de inscrição no final da página!

 

APRESENTAÇÃO

O Colóquio do NHIPE, em sua primeira edição, aconteceu em dezembro de 2011, com o tema “Diálogos sobre História, Educação e Pesquisa em Ciências Humanas”. A programação procurou contemplar o debate em torno da relação da História com a Educação, e como se situa a pesquisa na produção acadêmica das universidades baianas. O II Colóquio pretende seguir o rumo traçado pelo primeiro ao aproximar essas áreas do conhecimento com o objetivo de manter um dialogo profícuo entre as diferentes perspectivas da pesquisa historiográfica. Nesse sentido, o tema proposto para o colóquio deste ano busca oferecer aos participantes, em especial aos discentes, as diversas possibilidades de investigação que o campo da História oferece na contemporaneidade. O evento focalizará o debate em torno das novas abordagens na História da Educação e na História Política e dos novos problemas colocados para o conhecimento com a Teoria da Complexidade. Tais contribuições são importantes para atualizar a pesquisa desenvolvida pela equipe do NHIPE ao estabelecer contato com membros de outros grupos de pesquisa e conhecer suas experiências, além de possibilitar aos graduandos e pós-graduandos acesso a investigações atuais e ao ambiente de debate acadêmico, necessários para qualificar sua formação.


OBJETIVOS

a) Analisar determinados campos da História, como a História Política e a História do Tempo Presente, destacando seus referenciais teóricos e metodológicos, e a produção acadêmica recente nessas áreas;
b) Discutir o desenvolvimento da pesquisa sobre a educação na Bahia.
c) Avaliar a atuação do NHIPE no âmbito do DCH-VI e planejar as ações das linhas de pesquisa do NHIPE;
d) Oportunizar debate acadêmico com docentes de outras instituições.


PÚBLICO-ALVO

O colóquio do NHIPE é um evento voltado, mais diretamente, para estudantes de graduação e pós-graduação da UNEB, docentes da UNEB e professores da educação básica de Caetité. A inscrição será gratuita. Todos os inscritos como ouvintes, com participação de 75% nas mesas-redondas, e nas sessões de comunicações, receberão certificado de participação.


INSCRIÇÃO

A inscrição é gratuita e pode ser feita no Colegiado de História ou pela internet, no site do NHIPE. São três modalidades de inscrição: ouvinte, minicurso e apresentação de comunicação. O resumo da comunicação deve ser enviado para nhipe.uneb6@gmail.com, contendo o nome do simpósio escolhido, o título da comunicação, o nome do autor, o resumo (1.200 caracteres, com espaços) e três palavras-chave. Abaixo, listas de simpósios temáticos e minicursos.

 

Lista de Simpósios Temáticos – Os STs correspondem as linhas de pesquisa do NHIPE

 

ST 1 – Cultura, História e Literatura
Esta linha contemplará os projetos que se proponham a estudar a relação História/Literatura e a dimensão das culturas locais nessas práticas narrativas, evidenciando as experiências dos diferentes grupos sociais em suas peculiaridades históricas e culturais. É objeto central desta linha, portanto, os diferentes usos da literatura no ofício do historiador, entendendo a literatura em seus mais diversos gêneros: poesia, romance, memória, cordel, etc.

 

ST 2 – História e Formação do Pensamento Político na Época Moderna
Esta linha de pesquisa tem por objetivo agregar pesquisadores e estudiosos do absolutismo monárquico, bem como os elementos e as relações de poder que caracterizam o Estado moderno. Também estuda a formação do pensamento político moderno tomando como base os teóricos clássicos da época moderna além de investigações históricas e historiográficas sobre as Revoluções Inglesas, Revolução Francesa e formação do Estado liberal burguês.

 

ST 3 – História, Imagens e Práticas de Ensino
Estuda a linguagem audiovisual, especialmente o cinema, numa perspectiva teórico-metodológica. Contempla estudos voltados para a relação da linguagem audiovisual com a prática docente em sala de aula. Analisa o uso de documentos, de diversas naturezas (fotografia, músicas, folheto de cordel etc.), no ensino de História. Faz parte também, da área de interesse, estudos sobre a formação docente, o currículo de História e o livro didático de História.

 

ST 4 – Memória, História e Educação Histórica
Esta linha tem por objetivo agrupar pesquisas e discussões que tenham como foco principal o ensino de História dentro da cultura escolar como categoria de análise. Neste sentido é do nosso interesse a memória dos e sobre os docentes e ensino de história no ensino primário e secundário, a cultura material, a didática do ensino de História, a função social da História perpetuada pela escola. Esta linha também se interessa por pesquisas e discussões que tenham como foco a história da educação.

 

ST 5 – Relações Étnico-Raciais e Culturas Negras
Esta linha de pesquisa contemplará os estudos sobre experiências culturais e simbólicas configuradas na diáspora negra para o Brasil, com especial atenção para as comunidades do sertão baiano. Explora ainda o aspecto das relações raciais e de poder entre os diferentes segmentos das sociedades locais e regionais, assim como as experiências históricas das chamadas comunidades tradicionais e sua inserção no conjunto maior da sociedade baiana e brasileira.

 

Lista de Minicursos

 

Minicurso 1: “Fontes e Métodos de investigação para a História da Educação”
Proponentes: Prof.a Dra. Jacy Menezes (UNEB) e Prof.a Dra. Elizabete Santana (UNEB)

 

Minicurso 2: “Preservação e acondicionamento de fontes iconográficas”
Proponente: Prof.a Lígia Santana (UNEB)

 

Minicurso 3: "Somos iguais na diferença: educando para as relações étnico-raciais"

Proponente: Ms. Deyse Luciano de Jesus Santos / Doutoranda em Educação e Contemporaneidade (UNEB)

                   Ms. Adauto Oliveira / Mestre em  Educação e Contemporaneidade (UNEB)

Resumo: Educar para a diversidade vem sendo a proposta defendida pelas instituições de ensino que buscam adequar seus projetos pedagógicos na perspectiva de atender à heterogeneidade cultural presente nas salas de aulas. Mas o que isso significa numa sociedade que enxerga a diferença como algo negativo? Após dez anos de lançada a Lei 10.639/03, ainda é visível a dificuldade para se incluir a história e cultura africana, assim como também vem sendo difícil atender os mesmos pré-requisitos no que diz respeito à temática indígena, proposta pela Lei 11.645, o que parece ser contraditório, afinal, não seria esse o ponto de partida para uma educação que contemple à diversidade? A proposta deste minicurso é problematizar essas questões, com vistas a apontar entraves e possibilidades de uma educação voltada à diversidade étnico-racial que refl ita os modelos propostos para “inclusão” até então estabelecidos.

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

a) Dia 08 de julho (segunda-feira)

9:00h às 11:00h / 15:00h às 17:00h – Sessões de Comunicações (ST).

 

Mesa-redonda 1 l 19:30h l Auditório da UNEB – “Campos da História: História Política, História do Tempo Presente e Teoria da Complexidade”

Prof. Dr. Carlos Alberto Pereira Silva (UESB)

Prof. Ms. João Batista Nascimento (UNEB)


 

b) Dia 09 de julho (terça-feira)

8:00h às 10:00h - Reunião do NHIPE

10:00h às 12:00h – Sessões de Comunicações (ST)

 

Mesa-redonda 2 l 14:30h l Auditório da UNEB – “Panorama da pesquisa no Campus VI”

Palestrantes – Professores da UNEB/Campus VI

 

Conferência l 19:30h l Auditório da UNEB – “Perspectivas atuais da pesquisa em História da Educação”

Prof.a Dra. Elizabete Santana (UNEB)

Prof.a Dra. Jaci Maria Ferraz de Menezes (UNEB)

 

c) 10 a 12 de julho (quarta a sexta)

 

Minicurso 1: “Fontes e Métodos de investigação para a História da Educação”
Proponentes: Dra. Jacy Menezes (UNEB) e Prof.a Dra. Elizabete Santana (UNEB)

Minicurso 2: “Preservação e acondicionamento de fontes iconográficas”
Proponente: Ms. Lígia Santana (UNEB)

Minicurso 3: "Somos iguais na diferença: educando para as relações étnico-raciais"

Proponente: Ms. Deyse Luciano de Jesus Santos 

                   Ms. Adauto Oliveira